Uma garrafa de spaten
Copos vistos de cima, de diferentes tamanhos e formatos
Garrafa de cerveja colorado
Um copo de cerveja apoaido em uma mesa com futas atrás
ReZÉnha » O que é malte da cerveja: conheça o ingrediente essencial para o sabor e aroma da bebida

O que é malte da cerveja: conheça o ingrediente essencial para o sabor e aroma da bebida

Um copo de cerveja com o malte ao lado

Muita gente ainda não sabe o que é o malte da cerveja, mas esse ingrediente é fundamental para fabricação da gelada. É ele que determina o aroma, a cor e o doce da bebida, que é a queridinha dos brasileiros.

Se você é apaixonado por cerveja, certamente já ouviu falar no malte, um dos principais ingredientes que a compõem. Considerado a base da breja, ele está presente em diferentes qualidades da bebida, desde a mais amarga até a mais suave.

Mas você sabia que esse ingrediente tão poderoso não nasce pronto? Ele é derivado da cevada e surge por meio de um processo industrial que envolve uma germinação controlada e/ou dessecação dos grãos, que induz a produção de enzimas e alteram as substâncias na semente, as quais serão utilizadas na fabricação da sua cerva.

A princípio pode até parecer complicado, mas eu vou te explicar o que é malte da cerveja e como ele é usado. Vamos lá?

O que é o malte da cerveja?

Grão de malte da cerveja

Antes de mais nada, você precisa entender o que é esse tal de malte. Em bom português, ele é uma matéria-prima conseguida por meio da germinação de um cereal. 

Para as cervejas, geralmente o cereal escolhido é a cevada, mas também podem ser usados os de trigo e os de centeio. Um exemplo de cervejas que usam esses ingredientes é a Brahma Duplo Malte Trigo.

As características do malte da cerveja estão presentes na cor, no sabor, no aroma, no corpo e até na espuma da breja. E é por isso que ele deve ser escolhido com muita atenção pelos produtores. Quanto melhor for o malte, melhor será o resultado final da sua bebida.

Leia também: Quem inventou a cerveja? A história por trás da gelada

Qual o papel do malte na cerveja?

Como dito anteriormente, o malte é como se fosse a alma da cerveja, afinal é ele que determinará suas principais características. Compreender sua importância é essencial para qualquer pessoa que deseje produzir a sua própria bebida.

Também é importante lembrar que é esse ingrediente que irá fornecer os açúcares que serão fermentados pelas leveduras para produzir o álcool e o dióxido de carbono, ou seja, sem o malte a sua gelada não teria o teor alcoólico que você tanto gosta.

Outro ponto importante de ficar de olho é que embora o lúpulo seja o queridinho de muita gente e determine o amargor da breja, é o malte que oferece o equilíbrio para que a cerveja fique gostosa. Isso porque é o seu dulçor que complementa o sabor amargo, criando a harmonia perfeita para a cerveja.

Processo de produção do malte

Uma pessoa fazendo o processo de produção do malte

O processo de produção do malte é chamado de malteação e o primeiro passo é a umidificação do grão. Depois disso, acontece a germinação artificial que busca reproduzir o que aconteceria na natureza e forma as enzimas que modificam a estrutura do amido.

Logo em seguida vem a secagem. Essa fase começa quando o grão atinge o ponto desejado e ela interrompe o processo de germinação. Por fim, temos a crivagem, etapa que serve para separar o malte das pequenas raízes e caules formados na germinação.

A princípio tudo isso pode parecer complexo, mas seguindo o passo a passo fica mais simples produzir o malte.

Vale lembrar que qualquer alteração no grau de umidade, nas rampas de temperatura de germinação, na quantidade de oxigênio, nas rampas de secagem e no tempo desse processo influência no tipo de malte que será produzido.

Veja bem, se você quiser maltes mais claros, por exemplo, precisa fazer a secagem em temperaturas mais amenas, já se quiser uma mais escura, basta torrá-lo em tostadores mais quentes.

Tipos de malte da cerveja

E por falar em tipos de malte da sua brejinha, chegou a hora de conhecer os principais. Veja:

Pilsen

Os maltes pilsen são claros e considerados os mais comuns. Quase toda breja “clássica” levará ele. Em geral, eles têm muitas enzimas e açúcares fermentáveis e são usados em cervejas lager, assim como a Patagonia Amber Lager.

Pale Ale

Já o malte Pale Ale é um pouco mais escuro que os pilsen e, por isso, dão aquela cara mais encorpada para a breja. Seus grãos são torrados em temperaturas mais altas e por mais tempo, e eles dão à breja um sabor levemente mais adocicado — ideal para quem foge de bebidas amargas. Um exemplo de Pale Ale é a Wäls Verano.

Caramelo

Como já era esperado, esse malte dá à cerveja um sabor mais caramelizado e uma aparência mais escura. Ele pode oscilar do âmbar claro ao marrom escuro e o cheiro será de açúcar queimado. 

Chocolate

E já que estamos falando em uma brejinha cujo malte é mais adocicado, que tal conhecer o malte chocolate? Ele dá à breja um sabor e aroma que varia do caramelo queimado ao chocolate amargo e, claro, dão uma cor amarronzada para bebida. Esse malte é usado em cervejas Bocks ou Brown Ales, como a Carucu.

Escuros, pretos e torrados

Quem gosta de uma cerveja preta, deve ficar atento aos maltes mais escuros. Eles são quase totalmente torrados no processo de fabricação e dão à cerveja um sabor mais intenso. Um exemplo disso é a Brahma Duplo Malte Escura, um dos lançamentos mais recentes da marca.

Já as pretas têm ainda mais amargor e um sabor que lembra café torrado, o que é ótimo para quem gosta de combinar breja e um cafezinho. Quer experimentar uma? Então, invista na Brahma Duplo Malte Black que tem espuma cremosa e um sabor bem intenso.

Trigo, aveia e centeio

Por último, mas não menos importante, chegou a hora de falar da cerveja de trigo e outros cereais que tanta gente adora. Mais encorpadas e com sabor mais marcante, elas são saborosas e a opção ideal para quem quer variar.

Quando esses ingredientes são usados em grande quantidade, a breja recebe o nome dele, por exemplo: cerveja de trigo. Uma das mais conhecidas é a do tipo Witbier.

No meu app, você pode pedir a Hoegaarden Witbier Belga que além de ter pouco amargor e teor alcoólico baixo ainda leva casca de laranja, coentro e gengibre para dar um gostinho especial.

Leia também: Como escolher cerveja: passo a passo para escolher o melhor rótulo

A influência do malte nos sabores da cerveja

Uma pessoa segurando em suas mãos os grãos de malte

Que o malte e o sabor da cerveja andam juntos, isso você já aprendeu, não é mesmo? Afinal, ele é o segundo ingrediente mais importante depois da água e o responsável por fazer com que a sua breja varie entre o doce, o âmbar e o ácido.

O sabor doce, por exemplo, deriva dos açúcares encontrados na origem do amido de malte, já os ácidos são derivados dos ácidos orgânicos produzidos pelo grão quando está germinando.

Vale lembrar ainda que o tal do malte é rico em proteínas, carboidratos, sais minerais e vitaminas, por isso, ele é considerado como a espinha dorsal da bebida tão amada pela galera.

Para cada tipo de malte, tem uma breja no Zé Delivery!

Agora você já sabe direitinho o que é o malte da cerveja, chegou a hora de escolher a sua de acordo com o que mais te agrada. Não importa se você prefere o ingrediente claro ou escuro, mais torrado ou menos, todas as opções estão no app do Zé Delivery.

Aqui, você encontrará uma variedade de cervejas, dos mais diversos maltes para você experimentar. Então, chame a galera para esse tour de sabores.

Ah, quer economizar? Então, não esqueça de conferir os cupons de desconto no aplicativo e o meu programa Zé Compensa. E lembre-se do mais importante: eu entrego tudo bem geladinho, na porta da sua casa!

*Beba com moderação. Aplicativo e site proibidos para menores de 18 anos. Se beber, não dirija.

Mais recentes:

Uma garrafa de spaten

Cerveja

Por que beber Spaten Premium: as características da breja que vale cada gole
Copos vistos de cima, de diferentes tamanhos e formatos

Cerveja

Gole certo: qual o melhor copo para tomar cerveja?
Garrafa de cerveja colorado

Cerveja

Harmonização com Colorado: como servir essa gelada na mesa

Baixe o App

Baixe o App

Receba rapidinho na sua casa...

Você precisa ter 18 anos ou mais para consumir bebidas alcoólicas.
Relaxe, o tempo passa rápido!

Você tem 18 anos ou mais?

O Zé Delivery utiliza cookies que são necessários ao funcionamento adequado de suas Páginas e que podem melhorar a sua experiência.